Reciclagem Rigger

Reciclagem Rigger

  • 11 Alunos matriculados
  • 08 Horas de duração
  • 39 Aulas
  • 5 Módulos
  • 3 meses de suporte
Parcele em 12x R$ 56,68 (ou R$ 549,00 à vista)
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
Engenheiro Rigger com atuação no segmento de movimentação de cargas. Realiza trabalhos de grande envergadura em setores estratégicos da economia nacional.
GUSTAVO N. CASSIOLATO

No curso de RECICLAGEM RIGGER da Escola da Movimentação, apresentaremos todo conteúdo necessário para o aluno atualizar seu conhecimento para garantir a aplicação correta dos conceitos de movimentação de carga. 

Profissionais que realizaram o curso pela Escola da Movimentação e profissionais que executaram o curso por outra instituição podem realizar o curso.

Com um conteúdo desenvolvido pelo departamento de Engenharia da Rigging Brasil, o curso apresenta todas particularidades necessárias para o profissional planejar adequadamente uma atividade de movimentação de carga.

No conteúdo são apresentadas as responsabilidades de todos os profissionais de uma operação de movimentação de carga, o que diz a legislação vigente e também os princípios de segurança em movimentação de carga, patolamento, ventos em operações com guindastes, materiais de içamento, tipos de guindastes, inspeções de materiais de içamento, cálculo de esforços nas lingas, esforços no solo, fatores amplificadores e determinantes de carga (Normas), boas práticas em movimentação de carga com guindastes, além do passo a passo de como elaborar um plano de rigging, entre outros tópicos que são de extrema importância para quem atua nas áreas operacionais ou especificas da movimentação de carga.

O aluno receberá o livro exclusivo do curso – Plano de Rigging.



Após o término do curso será enviado certificado e  carteirinha atualizada em até 15 dias úteis.

3 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 3 meses após a matrícula.

O curso é destinado a Riggers já formados pela Escola da Movimentação ou outras instituições, que deverão apresentar o certificado de conclusão para poder realizar o curso. 

O curso pode ser aplicado aos profissionais que desejam obter a certificação ABENDI para movimentação de carga.

GUSTAVO N. CASSIOLATO
"Engenheiro Rigger com atuação no segmento de movimentação de cargas. Realiza trabalhos de grande envergadura em setores estratégicos da economia nacional."


Universidade de São Paulo
Diploma de Graduação/ Área de estudo Engenharia de Segurança do Trabalho
Período  2016 – 2018


Abendi
Diploma Engenheiro Rigger Nível III Área de estudo Engenharia
Período  2019 – 2019


INPG Business School
Diploma Master of Business Administration (MBA) Área de estudo Economia e Gestão Empresarial
Período  2010 – 2012


Escola de Engenharia Mauá
Diploma Engineer's degree  Área de estudo Civil Engineering
Período  2002 – 2008


Idiomas
Espanhol  e Inglês


Conteúdo Programático

  • 1. Introdução do curso
  • 1. Curso Reciclagem Rigger
  • 2. Legislação
  • 3. Normas técnicas
  • 4. Plano de Carga
  • 5. Plano de Rigging
  • 6. Plano de amarração de carga
  • 7. Procedimentos
  • 8. Carga
  • 9. Tipos de Equipamentos
  • 10. Componentes de um guindaste
  • 11. Acessórios de movimentação de carga
  • 12. Comunicação
  • 13. Visita técnica
  • 14. Guia Para Elaboração De Plano De Rigging
  • 15. Raio Operacional
  • 16. Comprimento de lança
  • 17. Contrapeso
  • 18. Folga de um obstáculo
  • 19. Peso Do Cabo No Guindaste
  • 20. Patolamento e análise do solo
  • 21. Influência do vento
  • 22. Lingas
  • 23. Taxa de Ocupação do Guindaste
  • 24. Composição carga bruta estática
  • 25. Quadrante operacional
  • 26. Tabela de um guindaste
  • 27. Definição do Equipamento
  • 28. Inspeção
  • 29. Segurança na movimentação de cargas
  • 1. Exercícios
  • 1. Encerramento
  • 1. Anexo A _ Plano de Rigging Genérico Guindaste
  • 2. Anexo B _ Plano de Rigging Genérico Guindauto
  • 3. Consideração Vento Manual BR300 XCMG
  • 4. Folheto Tsoc
  • 5. Guia para elaboração de Plano de Rigging
  • 6. Influencia-Do-Vento-Em-GuindastesInfluencia-Do-Vento-Em-Guindastes
  • 7. MANITOWOC - Considerações de Vento - f1678
Voltar ao topo